segunda-feira, 14 de julho de 2008

Uma história africana, prar europeu ler...

Tava eu a colocar a minha leitura em dia, quando vejo uma noticia pequenina, de meia dúzia de linhas, na edição de Sábado do jornal "A Bola": a delegação da Guiné-Bissau vai enviar 32 pessoas aos Jogos Olimpicos de Pequim, que começam dentro de quatro semanas.



Até aqui, tudo bem. Mas quando descobres que três deles... são atletas, tu perguntas: os outros 29 são quem? Presumes que três ou quatro são treinadores ou preparadores físicos, o chefe de delegação e pouco mais. Mas mesmo assim, acho que uns doze chegariam e sobrariam para uma delegação destas. E os outros vinte vão fazer o quê? Turismo? Agora percebem porque nós, ocidentais, estamos sempre a queixar que as ajudas que mandamos, muitas das vezes vão para as mãos erradas?

2 comentários:

Djinn disse...

Bingo...acertaste na «mouche» e depois ainda perdoamos as dívidas..!

Maryposa disse...

indecente é, cm diz a djinn, dpx perdoar as dívidas dos passeios dessa gente... dass... a ver s algma agencia turistica ma faz a mm oferta...